Dicas para escolher a bijuteria que combina com você!

Pintou dúvida de como escolher as bijuterias certas? As que mais combinam? As que mais te valorizam? Vamos te dar algumas dicas para te ajudar a fazer as escolhas mais felizes =)

As bijuterias são acessórios que nunca saem de moda, visto que sua originalidade e qualidade vem aumentando muito e seu preço é sempre bastante acessível. No entanto a escolha da bijuteria deve levar em consideração algumas coisas para valorizar seus pontos mais fortes e neutralizar os mais fracos e é nessa hora que algumas mulheres sofrem com as dúvidas que surgem. Então, nesse post daremos algumas dicas muito importantes para as mulheres que gostam de incrementar o visual com as famosas bijus.

Seis dicas infalíveis:
1 – Se você for usar um colar imponente, use um brinquinho pequeno. Assim você deixa sua produção pesada e não tira o glamour do seu colar

026fd934d5ece5c6ff1118dc50cca8eb
2 – Os brincos e os colares devem combinar, independentemente de serem conjuntos ou não. Eles devem estar em harmonia e não tem problema serem de cores diferentes (prateado, dourado e rosado por exemplo)

maxi-colares-verc3a3o-2015-7-600x317
3 – Os volumes dos colares devem ser compensados com materiais leves e cores discretas.

colar-giovanna-ewbank
4 – As bijuterias pequenas e médias são ideais para os trajes esportivos. Os longos podem acompanhar o decote ou se destacar no tecido da roupa.
5 – Os maxi colares podem ser usadas sobre a roupa desde que o tecido combine com o metal.

camila-coelho-maxi-colar
6 – Os colares longos são ideais para quem tem uns quilinhos a mais ou centímetros a menos. O comprimento não deve ultrapassar a altura da cintura

Fique ligada…

Muito busto: colares próximos do pescoço, de pérolas e correntes longas.

Pouco busto: colares vistosos desviam a atenção do pescoço. Os feitos de contas aumentam o volume do busto e engordam. Colares de duas ou três voltas causam o mesmo efeito, sem “pesar” na silhueta.

Ombros largos: colares que criem uma linha central alongada.
Ombros estreitos: colares delicados na linha dos ombros.

Pescoço fino: colares curtos e redondos com correntes curtas. A gargantilha também fica muito bem em quem tem pescoço fino e longo. Deve ser usada com decotes em “V” profundo ou arredondados.

Pescoço curto: colares abaixo da linha inferior das clavículas, com pingentes alongados e verticais com correntes compridas. Os cordões médios compõem ótimo visual com decotes grandes, malhas e camisetas.

Pescoço grosso: pingentes simétricos, de composição vertical, e correntes médias.

Pescoço de quem tem colo ossudo: pingentes leves e correntes compridas.

Se você gostou das dicas, compartilhe-as. Outras pessoas podem estar precisando =)

Lembrando que o mais importante é você ser sentir linda e confortável com sua biju. Uma mulher segura de si pode dominar o mundo.

 

Baixe grátis nosso Ebook e tenha essas e mais dicas sempre a mão

Baixe aqui: https://drive.google.com/file/d/0B2XjVm9HkKfYM3FZUVZodF9kdlk/view?usp=sharing

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s